PIS/PASEP: Novo lote é liberado nesta quarta-feira

13/10/2020

A Caixa Econômica Federal vai liberar nesta quarta-feira, 14, o saque do PIS para trabalhadores de empresas privadas nascidas em outubro. Já o Banco do Brasil libera o saque do PASEP para funcionários públicos com a inscrição final 3. O valor a ser pago poderá chegar até R$ 1.045, dependendo do tempo trabalhado. Ou seja, se a pessoa trabalhou durante 12 meses do ano, receberá um salário mínimo (R$ 1.045), mas, se trabalhou apenas 30 dias com carteira assinada, receberá o proporcional de 1/12 do mínimo (R$ 87,08). Para ter direito, é preciso cumprir algumas exigências como ter exercido alguma atividade com carteira assinada em 2019 e ter recebido até dois salários mínimos por mês. Quem tem direito ao saque o trabalhador que exer

Quais serão os impactos do PIX para pequenas e médias empresas?

13/10/2020

FecomercioSP destaca mudança significativa no fluxo de caixa das empresas com nova modalidade de pagamento. Com a nova modalidade do Sistema Brasileiro de Pagamentos Instantâneos (SPI), do Banco Central (BC), o PIX, a expectativa é que pessoas físicas e jurídicas possam realizar transações financeiras diversas de forma mais dinâmica e segura, além de baratear custos e agilizar os processos, já que o serviço funcionará 24 horas por dia, todos os dias do ano, inclusive aos fins de semana e feriados, permitindo a transferência de recursos em até dez segundos – ao contrário da TED e do DOC, que costumam demorar até um dia útil para processar um pagamento, por exemplo. Para o mercado, a abertura do PIX para além dos bancos tradicionais, incl

MEI: Está com a DAS em atraso? Saiba como regularizar seus débitos

13/10/2020

Entenda as consequências de ficar com DAS em atraso e saiba como o MEI pode regularizar seus débitos. Em tempos de crise financeira, diversas pessoas estão tendo dificuldade em pagar as dívidas. O microempreendedor individual (MEI) , também sofre com a questão da inadimplência e pode ter dificuldade em pagar o imposto DAS. A cobrança do DAS acontece mensalmente, com o preço fixo de R$ 52,25, acrescidos de R$ 5,00 para prestadores de serviços, ou R$ 1,00 para comércio e indústria. O vencimento acontece sempre nos dias 20. O não pagamento poderá acarretar em várias consequências negativas. A pessoa não terá o tempo para a aposentadoria contado e ainda pagará multa e juros pelo tempo de atraso. Com relação ao recebimento do auxílio

J&V Contabilidade e Assessoria

Rua Bento Gonçalves, 1257
Centro

Santiago/RS

(55) 3251-9668
(55) 3251-9736
(55) 3251-6171